Time Brasil é convocado para a ITF Beach Tennis World Cup

Florianópolis (SC) – A Confederação Brasileira de Tênis divulgou nesta quinta-feira a convocação do Time Brasil para a disputa da ITF Beach Tennis World Cup Pro and Junior, a Copa do Mundo por equipes da modalidade. O evento será realizado nas areias do Rio de Janeiro (RJ), entre os dias 4 e 10 de outubro.

A equipe profissional terá a mesma formação da última edição, quando conquistou o tricampeonato mundial da modalidade na Rússia, em 2019. Desta forma, o capitão Alex Mingozzi contará com Rafaella Miiller (3ª do mundo no ranking mundial), Joana Cortez (10ª) e Marcela Vita (13ª). Além delas, compõem o time André Baran (6º no masculino), Vini Font (7º) e Thales Santos (17º). Os seis são os melhores do país no ranking da ITF nas suas respectivas categorias.

“Estou muito feliz por fazer parte deste grande evento que acontece pela primeira vez no Brasil. Chegamos neste Mundial para defender nossos dois últimos títulos conquistados na Rússia, então decidi por confirmar a mesma seleção que ganhou a última edição. Ficamos um ano parados, então a experiência destes atletas vai nos ajudar muito a suportar a pressão que é jogar em casa”, destaca Alex Mingozzi, capitão da equipe.

Enquanto a equipe profissional busca o quarto título (anteriormente, foi campeã em 2013, 2018 e 2019), a equipe juvenil do país vai em busca de um inédito primeiro lugar. Para isso, o capitão Plácido Russo, o Juca, contará com alguns dos jovens melhores classificados no mundo na categoria júnior e todos já participantes de competições profissionais.

Para o sub-18, Juca convocou a jovem Vitória Marchezini (36ª melhor do mundo no ranking profissional), Antônia Thompson (162ª) e Isadora Trusz (658ª). Entre os garotos foram chamados Daniel Mola (87º), Giovanni Cariani (87º) e Pedro Consiglio (217º).

“Esse é um momento eletrizante para o Beach Tennis brasileiro, pela consolidação do circuito internacional juvenil sub-18, por sediarmos um evento dessa proporção, oferecendo ao público a oportunidade de conhecer a força e os talentos brasileiros desta modalidade. Sem dúvidas, um novo marco nas areias brasileiras”, afirma o capitão da equipe juvenil.

Paralelamente à competição mundial, serão realizadas também competições amadoras: o Circuito Nacional InfantoJuvenil (12 a 18 anos), o Circuito Nacional Senior (40 a 60 anos) e o Campeonato Brasileiro (categorias A, B e C), todos com duplas masculinas e femininas. É esperado a participação de mais de 600 atletas.